A qualidade de vida dos elevadores e até mesmo dos próprios moradores de um condomínio está relacionada à maneira como a higienização dos elevadores ocorre.


Espaços que recebem grande fluxo de pessoas, neste caso, os elevadores, precisam manter a higiene em dia para que se evite o acúmulo de poeira e bactérias em geral.

Para isso é necessário seguir as orientações técnicas de uma limpeza adequada.

Começando pelas: 

4 práticas PROIBIDAS na higienização de elevadores!


1) Utilizar água corrente


Ao contrário da faxina tradicional, o uso de mangueiras de água corrente estão fora de cogitação quando o assunto é limpeza de elevadores.

Esta prática pode acumular água no poço  e danificar os componentes do elevador. 


2) Aplicar produtos de limpeza diretamente nos botões


Em hipótese alguma aplique produtos de limpeza diretamente  nos botões do elevador!

Eles podem causar problemas, tendo em vista a química das substâncias , quando penetradas nas frestas, acabam danificando o equipamento.

Além disso, a aplicação incorreta é capaz de gerar curto-circuito ou até mesmo incêndio. 


3) Usar produtos químicos mais agressivos (água sanitária, ácidos e removedores)


Os produtos químicos mais agressivos, como água sanitária, ácidos e removedores, também são de extrema periculosidade para a higienização dos elevadores.

Eles podem corroer os componentes e causar reações alérgicas aos passageiros. 


4) Optar por esponjas ásperas, palhas de aço ou lixas


Ninguém quer arranhar o elevador, certo? Por isso, evite a utilização de acessórios como as esponjas ásperas, palhas de aço e lixas, na hora de retirar as sujeiras mais profundas.

A falta de equipamentos e acessórios adequados impactam negativamente na qualidade da limpeza adequada.

Arranhões, corrosão, curtos-circuitos e até mesmo incêndios podem ser causados! 


5  acessórios para uma perfeita higienização 


Descubra quais são os acessórios ideais para a higienização dos elevadores.  

  • Pulverizador 500ml;
  • Fibras de limpeza brancas (macias) ou esponja de nylon que não risca;
  • Pano de microfibra;
  • Par de luvas em látex;
  • Óculos de proteção.

Como realizar a higienização dos elevadores?


Você já sabe quais acessórios utilizar e quais produtos evitar na hora de higienizar os elevadores do seu condomínio, certo?

Chegou o momento de compreender o passo a passo da higienização de elevadores.

1) Monte uma rotina de limpeza: defina o horário de acordo com o momento de menor fluxo de pessoas nos elevadores e reserve o tempo necessário para a higienização.

2) Faça um checklist do que deve ser higienizado: monte uma lista com todos os itens que precisam ser limpos no elevador. Botões, painéis, espelhos etc.

3) Opte por profissionais treinados: faça um treinamento do pessoal da limpeza do condomínio, ou escolha empresas especializadas em higienização, que já contam com profissionais treinados e estão por dentro de todos os protocolos de limpeza.


Prevenção contra a COVID-19


Infelizmente, vivemos um cenário pós pandêmico onde todos os ambientes necessitam de atenção e cuidados próprios para a higienização anti-Covid.

Por isso, determinadas práticas dentro dos elevadores também são fundamentais para a prevenção contra o vírus e indispensáveis neste “novo normal”.

Confira 3 dicas para colocar em prática nos elevadores do seu condomínio:

–  Álcool em gel no interior da cabine;
– Capa de proteção plástica nos botões de chamada internos e externos;
– Distanciamento por meio de marcações no piso da cabine do elevador.


Curtiu as informações? É só falar com a gente!