Cuidar da manutenção preventiva dos elevadores do seu condomínio significa preservar o seu patrimônio e precaver acidentes ocasionados pela falta de cuidado.


Infelizmente, vivemos em uma realidade em que os elevadores só são lembrados quando dão problema.

Por isso, desenvolvemos um artigo super interessante sobre a importância da manutenção preventiva dos elevadores e seus benefícios para o condomínio. 

Arraste para baixo e acompanhe conosco!


Por que realizar a manutenção preventiva nos elevadores?


Muito mais do que uma forma de manter a perfeita harmonia entre os condôminos, a manutenção preventiva dos elevadores é um dever legal do prédio:

São Paulo tem a Lei Municipal nº 10.348/1987, criada na década de 80, e que vigora até hoje. 

Ela versa sobre a obrigatoriedade dos condomínios residenciais e empresariais em relação ao contrato com as empresas de manutenção. 

Assim como temos a Lei nº 2.743/1999 no Rio de Janeiro.


Como posso realizar uma manutenção preventiva nos elevadores do meu prédio?


Para que os elevadores do seu prédio sejam limpos, ajustados e que haja lubrificação nos seus componentes, se faz  necessário contratar uma empresa especializada em serviços de elevadores.

Na maioria dos casos este serviço de manutenção ocorre mensalmente, sendo responsável por manter os elevadores em perfeitas condições de conservação e uso e, mais do que isso, evita o desgaste excessivo de peças, aumentando consideravelmente a vida útil do equipamento. 


Tipos de contratos de manutenção


A manutenção preventiva é aplicada na prática por meio de dois tipos de contratos e a escolha entre ambos está relacionada à sua necessidade, Sr. síndico!


Manutenção sem peças


É fixado um valor mensal para a realização da manutenção preventiva, que consiste na limpeza e lubrificação do equipamento, mantendo as boas condições de uso.

Caso seja necessária a substituição de peças, ela só será feita mediante aprovação de orçamento pelo condomínio.


Manutenção com peças


Um valor mensal é estabelecido, incluindo peças adicionais, por falha ou quebra, além da manutenção preventiva.

Este tipo de contrato assegura mais tranquilidade, evitando gastos não previstos decorrentes da substituição de peças.


Quanto custa uma manutenção preventiva?


Um dos pontos mais pesquisados em relação à manutenção preventiva de elevadores é o seu custo para o condomínio.

Atualmente, a manutenção de um elevador custa em média entre R $350 e R $1.800 por mês. Isso irá variar dependendo do tipo de cobertura que você deseja adquirir.


Benefícios da manutenção preventiva


Por fim, vale a pena citar os benefícios adquiridos ao contratar uma empresa especializada para a manutenção preventiva dos elevadores do seu condomínio.


Potencialização da eficiência


O desgaste diário do funcionamento do elevador pode ocasionar pequenos defeitos e, caso não sejam resolvidos de maneira correta, podem vir a causar grande dor de cabeça, e que somente uma empresa especializada irá resolver de forma 100% eficaz.

Ao pôr em prática a forma correta da manutenção, a probabilidade de maior eficiência é altíssima!


Retenção de gastos


Vale ressaltar que o custo de uma manutenção preventiva sai bem mais em conta do que arriscar em consertos esporádicos de possíveis contratempos.

Portanto, Sr. síndico, investir na manutenção preventiva do seu elevador é economizar nas despesas do seu condomínio!


Facilitação da segurança 


Entenda o seguinte: o elevador foi projetado para facilitar a vida dos condôminos e não para dificultá-la!

Por isso, é preciso garantir que o elevador opere de maneira satisfatória e também possua a segurança que todos merecem ao utilizá-lo.


Curtiu as informações? É só falar com a gente!